Início Favoritos Água Preta: Noé Magalhães se diz vítima de perseguição política

Água Preta: Noé Magalhães se diz vítima de perseguição política

204
0

O pré-candidato a prefeito disse que vem sendo atacado e agredido na internet pelo grupo político que está no poder na cidade

Em tom de desabafo, o pré-candidato a prefeito de Água Preta, Noé Magalhães (PSB), nesta segunda (31), utilizou as redes sociais para expor que está sendo atacado e agredido na internet pelo grupo político que se encontra no poder no município. O socialista disse que o grupo político adversário está desesperado. “Sabendo que estão sendo rejeitados pela população da nossa cidade, espalham calúnias e agressões contra mim, mas não tenho medo desses ataques covardes”, contou.

Noé lamentou o fato de que o que está acontecendo em Água Preta é o retrato da velha política. “Da política da intriga, da fofoca e da futrica. Estamos vendo o retorno de tudo aquilo que Eduardo Campos tanto combateu. Eduardo Campos extinguiu esse tipo de política, uniu todo mundo e, assim, conseguiu tirar Pernambuco do marasmo e do atraso”.

O pré-candidato a prefeito falou que, diferente desse grupo político, diz tudo no olho do povo. “Eles chamam o povo de Água Preta de animais dizendo que aqueles que me apoiam são animais. Eles agridem o povo dessa forma porque estão morrendo de ciúmes das pessoas que deixaram eles para vir para esse nosso projeto. Eles morrem de inveja porque estiveram no poder e abandonaram o povo e agora estão pagando o preço por isso”, lamentou.

O desabafo de Noé não parou por aí e fez diversos questionamentos. “Eles chamam o povo de traidor. Quem será que é traidor mesmo? Quem foi que traiu os princípios do PSB? Quem abandonou o partido na eleição passada desfilando pela cidade com outro candidato? E eles fizeram isso depois de terem tido todo o apoio de Eduardo Campos e de Paulo Câmara. Quem será que traiu quem? Quem será que deu as costas e cuspiu no prato que comeu? Com certeza não foi Noé e nem as pessoas de bem de Água Preta”, declarou ainda no vídeo publicado em suas redes sociais.

Noé faz parte da família Magalhães, que tem uma tradição muito forte no interior de Pernambuco. O grupo de políticos é formado pelo prefeito reeleito de Xexéu, Eudo Magalhães (PSB); o ex-prefeito e ex-deputado estadual Enoelino Magalhães, o deputado estadual Clodoaldo Magalhães (PSB) e o irmão Eudo Magalhães Junior, que vem tentando aproveitar a leva para também ingressar na política.

Para se ter uma ideia em números, Eudo Magalhães conseguiu um recorde, além do ex-prefeito Ybes Ribeiro, foi o único que governou três cidades pernambucanas sendo as outras duas Água Preta e Joaquim Nabuco.

fala-pe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui