Início Entretenimento Robô é suspenso por falas racistas e discriminatórias

Robô é suspenso por falas racistas e discriminatórias

181
0

Chatbot coreano instalado no Facebook Messenger teria enviado mensagens preconceituosas contra a população LGBTQI+

Um chatbot coreano instalado no Facebook Messenger foi temporariamente suspenso nesta terça-feira (12) por ser flagrado enviando falas racistas e discriminatórias durante conversas com os usuários. A personagem Lee Luda, desenvolvida pela startup Scatter Lab, teria enviado vulgaridades e falas ofensivas contra a população LGBTQI+, além de ter praticado discurso de ódio. A empresa desenvolvedora também é acusada de violar a privacidade dos usuários

As mensagens ofensivas enviadas pelo bot incluíam palavras como “nojento”, para se referir a lésbicas, e “irmão negro”, termo considerado pejorativo na Coreia do Sul, usado para insultar a população chinesa e negra do país. Lee Luda também teria menosprezado pessoas trans em uma resposta, usando a frase “Eca, eu realmente os odeio”.

Chatbok coreano Lee Luda reproduz a imagem de uma jovem de 20 anos — Foto: Reprodução/MK

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A personagem Lee Luda foi lançada em dezembro de 2020 e foi projetada para ser uma estudante universitária de 20 anos de idade e fã do grupo feminino de k-pop Blackpink, com grande apelo entre o público adolescente. O robô utiliza inteligência artificial para interagir com os usuários, com um vocabulário composto por mais de 10 bilhões de palavras, criado a partir registros de conversas de um outro aplicativo da empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui